• WMB Marketing Digital

5 mudanças que Elon Musk pode trazer ao Twitter

A venda do Twitter para Elon Musk foi confirmada

A negociação se arrastou por cerca de 10 dias e o CEO da Tesla realizou a aquisição por cerca de US$ 44 bilhões.


O acordo coloca o bilionário como dono da plataforma, que agora se tornará uma empresa privada, e pode levar a alterações significativas no serviço. Isso já foi até motivo de discussão entre os usuários, em reações surgidas logo após o anúncio da oferta, no último dia 14, deixando alguns deles preocupados.


Quais mudanças Elon Musk pode trazer ao Twitter? Em várias ocasiões, o próprio empresário comentou sobre o que gostaria de modificar na rede social, alterações que podem entrar em vigor mais rápido do que todos esperavam.


1. Botão de edição

A possibilidade de editar os tweets é uma reivindicação antiga dos usuários, que precisam criar uma nova postagem para corrigir ou acrescentar algo escrito na mensagem original. O homem mais rico do mundo reclamou disso pela primeira vez em 2019.


No início deste mês, ele criou uma enquete sobre o botão de edição no Twitter, que terminou com mais de 74% dos votantes a favor do recurso. Dessa forma, a funcionalidade pode ser uma das primeiras novidades, já que a empresa também confirmou estar trabalhando na ferramenta.


2. Algoritmo de código aberto

Interessado em tornar a rede social “mais transparente”, Musk quer tornar público o algoritmo do Twitter. Na sua visão, tal mudança permitiria que todos soubessem como a plataforma determina quais conteúdos aparecem na linha do tempo de cada um.


O tema também foi assunto de outra enquete em seu perfil.


3. Tweets maiores

Quando lançado, em 2006, o Twitter permitia postagens com apenas 140 caracteres, limite que durou até 2017, quando o tamanho de cada mensagem foi ampliado para 280 caracteres. Com a direção de Musk, mais uma alteração pode acontecer.


O chefe da SpaceX disse, há alguns dias, que o microblog está “muito atrasado” neste quesito, dando a entender ser favorável aos tweets longos. Vale ressaltar que o Twitter já testou uma ferramenta de artigos e é dono de uma plataforma de newsletters, a Revue.


4. Fim dos bots de spam

Inimigo confesso dos bots de spam, tratados por ele como o problema mais irritante da plataforma, o empresário afirmou que pretende eliminá-los. “Se a nossa oferta do Twitter for bem-sucedida, derrotaremos os bots de spam ou morreremos tentando!”, tweetou o bilionário.


5. Moderação de conteúdo menos rígida

Conhecido “defensor da liberdade de expressão” nas redes sociais, Elon Musk já se mostrou descontente com a moderação de conteúdo da plataforma em várias ocasiões. De acordo com ele, o Twitter deve ser menos rígido neste ponto, sem extrapolar o que dizem as leis de cada país onde o serviço está disponível.


Fonte: Tecmundo