top of page
  • Foto do escritorWMB Marketing Digital

Facebook e Instagram podem ganhar versão paga sem anúncios em breve


A Meta pode oferecer uma assinatura para usar o Instagram e o Facebook sem anúncios na Europa, mas o pacote ainda não tem nome ou preço definido. As informações são do The Wall Street Journal.


O pacote custaria cerca de 10 euros (R$ 53, em conversão direta) no desktop e mais 6 euros (R$ 32) para cada conta adicional. No celular, a assinatura seria mais cara, custando 13 euros (R$ 69,50), para compensar a comissão cobrada pelas lojas de aplicativos App Store e Play Store.


Atualmente, o pacote é batizado como "Assinatura livre de anúncios" (SNA, na sigla em inglês). A proposta foi apresentada para reguladores de privacidade da Europa e, dependendo do parecer da entidade, pode ser lançada para usuários da região.


Assim, consumidores teriam duas opções: usar o Facebook e o Instagram por um valor mensal, mas totalmente livre de rastreamento e direcionamento de anúncios, ou acessar as plataformas com publicidade direcionada.


Assinatura pode ser exclusiva da Europa


É possível que a nova assinatura da Meta seja lançada exclusivamente na Europa. O projeto parece ser uma solução voltada para atender a legislação local, ao oferecer aos usuários a opção de proteger os próprios dados, mas ainda utilizar a plataforma como sempre.


Por enquanto, não está claro quais são os planos da Meta, tampouco se a ideia atende as demandas das autoridades europeias.


Outras redes também exploram a ideia


Na segunda-feira (2), foi descoberto que o TikTok também prepara uma assinatura para tirar anúncios do aplicativo. Neste caso, a assinatura custaria US$ 4,99 (R$ 25, aproximadamente) e seria lançada nos Estados Unidos.


O projeto do TikTok ainda não foi oficialmente apresentado, então pode ser apenas um teste temporário. Além disso, o preço definido pode não ser o final.


O X, antigo Twitter, ainda não oferece nenhuma alternativa com esse mesmo recurso, mas a assinatura X Premium promete tirar "metade da publicidade" do feed.


Por fim, há o YouTube Premium. A assinatura da plataforma do Google tira todos os anúncios que interrompem vídeos em todos os dispositivos logados na conta pagante.


Fonte: Tecmundo


Gostou do conteúdo? Confira outras notícias em nosso portal! E não deixe de seguir a WMB Marketing Digital no Instagram para acompanhar nossas novidades.

Comments


bottom of page