top of page
  • Foto do escritorWMB Marketing Digital

Facebook e Instagram reforçam a privacidade de adolescentes

A Meta anunciou na segunda-feira (21) o lançamento de novos recursos para aumentar a segurança dos adolescentes no Facebook e no Instagram.

As funcionalidades possibilitam limitar interações indesejadas entre os menores de idade e adultos nas redes sociais da empresa.


Para tanto, as plataformas vão deixar de mostrar adultos “suspeitos” entre as recomendações de pessoas que talvez o usuário menor de idade conheça. De acordo com a companhia, as contas suspeitas são aquelas recém-bloqueadas ou denunciadas por um jovem. Esses perfis também não terão acesso ao botão de mensagem no Instagram dos adolescentes.


Outro destaque em meio às melhorias lançadas pela Meta é a parceria com o Centro Nacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas dos Estados Unidos (NCMEC). Neste caso, a finalidade é criar uma plataforma global para impedir que imagens íntimas registradas por adolescentes sejam utilizadas sem seu consentimento.


Ainda neste sentido, a dona do Facebook, WhatsApp e Instagram criou materiais educativos, em parceria com a Thorn e a sua marca NoFiltr, que ajudam a diminuir a vergonha e o estigma relacionados a tais imagens. Os conteúdos também instruem os menores de idade a buscar ajuda caso estejam sendo vítimas de extorsão sexual.


Novos padrões de segurança para todos

A partir de agora, menores de 18 anos (ou 16, dependendo do país) que criarem perfil no Facebook terão acesso às configurações mais privadas. As mudanças afetam funções como quem pode ver sua lista de amigos, pessoas, páginas e listas que segue, postagens em que foi marcado e permissão para comentar em postagens públicas, entre outras.


Usuários adolescentes que já estejam na rede social serão encorajados a habilitar os novos recursos, além de incentivados a denunciar contas que foram bloqueadas por eles. A companhia também está enviando avisos de segurança com instruções sobre como navegar em mensagens inapropriadas publicadas por adultos.

d

Fontes: Tecmundo

Comments


bottom of page