top of page
  • Foto do escritorWMB Marketing Digital

Qual a diferença de Gmail pessoal e Google Workspace

Havia um tempo em que muito se falava sobre uma suposta morte do e-mail após a chegada de ferramentas como mensageiros instantâneos e redes sociais no meio profissional.

Apesar de serem recursos importantes e complementares, o bom e velho correio eletrônico passou longe de pendurar as chuteiras por causa deles.


O Gmail do Google é um dos nomes mais lembrados e usados do segmento, por ser gratuito, fácil de acessar via Google Chrome e já vir embarcado em diversos dispositivos Android. Você sabia, no entanto, que existe uma versão aprimorada do serviço com foco no público profissional? Estamos falando do Google Workspace, que era conhecido antigamente como G Suite.


Ok, mas afinal de contas, quais são as diferenças entre os dois serviços e qual deles é o mais indicado para a minha necessidade? Vamos entender cada um!


Gmail X Google Workspace

As principais distinções entre as duas plataformas ficam entre custo e finalidade: enquanto o Gmail sai na faixa para os usuários, o Google Workspace é pago e traz recursos específicos para o meio empresarial, além de abrigar o próprio Gmail, é claro.


Em outras palavras, quem opta por desembolsar uma grana para ter acesso à plataforma business da big tech pode desfrutar de uma interface criada para colaboração em equipe, além de um espaço digital mais seguro, personalizável e com espaço extra de armazenamento na nuvem.


O Gmail convencional, por sua vez, é mais simples e atende a necessidades mais básicas. Enviar avisos, aceitar currículos ou acionar o suporte de algum site, por exemplo. Além disso, o endereço no correio eletrônico é necessário para ter acesso aos serviços do Google, como Docs, Planilhas, Meet, YouTube, entre muitos outros.


Aprofundando as diferenças

Além das distinções supracitadas, Google Workspace e Gmail têm ainda mais particularidades que os tornam produtos para públicos distintos:


O Gmail não tem custo, mas para utilizar o Google Workpace deve-se optar pelos planos mensais Business Standard (R$ 70), Business Plus (R$ 105) ou Enterprise, cujo o valor deve ser tratado diretamente com a equipe de vendas da gigante de Mountain View;


O Google Workspace permite que o usuário personalize o domínio do e-mail, podendo ir além do convencional @gmail.com;


É possível fazer alterações básicas nas credenciais de login de e-mail e Conta do Google no Gmail, mas o Workspace concede ao usuário controle administrativo total sobre as contas, podendo criar, editar, excluir e personalizar do modo que o administrador bem desejar;


Enquanto usuários do Gmail têm 15 GB de armazenamento disponíveis no Google Drive, membros do Workspace podem desfrutar de 30 GB ou até mesmo espaço na nuvem ilimitado;


Google Drive, Docs, Planilha, Apresentações, Meet, Chat... tanto o Gmail quanto o Workspace concedem autorizações para os usuários utilizarem as ferramentas exclusivas da big tech. O serviço que já foi G Suite, no entanto, libera recursos extras voltados para uso profissional, como pesquisa inteligente, controles avançados de segurança, suporte premium, entre outros;


Falando em suporte premium, os assinantes do Google Workspace têm acesso à ajuda remota por telefone e e-mail em período integral. Já quem utiliza o Gmail fica limitado aos materiais disponíveis nos fóruns de ajuda do Google.


Qual é o melhor serviço?

Após todas essas explicações, não tem muito segredo: se você é somente um indivíduo ou uma empresa de pequeno porte que necessita somente do básico e nada mais, o Gmail convencional pode dar conta do recado tranquilamente.


Se o negócio for grande, contar com diversos colaboradores e colaboradoras que demandam muitos recursos no trabalho, controles administrativos e que usam gigas e mais gigas dados na nuvem, aí o Google Workspace se torna a opção mais viável.


Fonte: Tecmundo

Comments


bottom of page