top of page
  • Foto do escritorWMB Marketing Digital

Apple e Microsoft seguem como maiores empresas do mundo; veja ranking



As duas potências tecnológicas, Apple (AAPL.O) e Microsoft (MSFT.O), continuam a reinar como as maiores empresas do mundo em capitalização de mercado, impulsionadas pela valorização das ações de tecnologia durante o ano de 2023. O que, para muitos, não é um surpresa, porém, segue como um marco significativo.


Em julho deste ano, a Apple fez história ao se tornar a primeira empresa a alcançar um valor de mercado de incríveis U$ 3 trilhões (valor maior do que todo o mercado de criptomoedas no momento, por exemplo). Vale lembrar que o otimismo em torno da expansão em novos mercados e as expectativas de taxas de juros mais moderadas nos EUA contribuíram para esse marco.


Outras empresas tecnológicas também tiveram desempenho sólido. A Meta Platforms, controladora do Facebook, viu sua capitalização de mercado subir mais de 10% em julho, graças a projeções positivas de receita e crescimento robusto de receita com anúncios no segundo trimestre.


A Microsoft também superou as expectativas de receita do quarto trimestre fiscal, impulsionada pelo crescimento em seus negócios de computação em nuvem e softwares para escritório. O único ponto negativo foi uma pequena queda de 1,4% em suas ações devido a um plano agressivo de gastos para atender à crescente demanda por serviços de inteligência artificial. No final das contas, a companhia criada por Bill Gates fechou seu balanço mais recente com U$ 2.49 trilhões.


Ranking das empresas mais valiosas do mundo


O setor financeiro também registrou destaques. O JP Morgan Chase teve um crescimento de cerca de 8,6% em sua capitalização de mercado no mês passado, beneficiado por maiores receitas provenientes de juros dos mutuários e pela aquisição do First Republic Bank.


Confira ranking das empresas mais valiosas do mundo:



Além disso, especialistas acreditam que estamos testemunhando o início de um novo mercado de alta tecnologia, com a chamada "Corrida do Ouro da Inteligência Artificial". Analistas da Wedbush apontam para um cenário similar ao início da Internet em 1995, e não a uma bolha como a de 1999/2000.


Dados da Refinitiv revelam que, até agora, 69% das grandes e médias empresas dos EUA superaram as expectativas de ganhos do segundo trimestre, com o setor de tecnologia liderando, representando 82% das surpresas positivas.


À medida que a competição no mundo da tecnologia avança, a Apple e a Microsoft mostram sua força como líderes inabaláveis, projetando sua influência sobre os mercados globais.


Fonte: Tecmundo

Comments


bottom of page