top of page
  • Foto do escritorWMB Marketing Digital

Meta identificará imagens geradas por IA nas redes sociais



A Meta anunciou nesta terça-feira (6) que está desenvolvendo uma ferramenta para identificar qualquer imagem gerada por meio da inteligência artificial (IA).


Apesar de já acrescentar marcadores nas imagens criadas a partir do Meta IA, lançado em dezembro, o intuito da empresa será de minimizar a proliferação de deepfakes, ainda que gerada por concorrentes, como Google, OpenAI, Microsoft, Adobe, Midjourney e Shutterstock.


Por meio de uma publicação em seu blog, Nick Clegg, o presidente de assuntos globais da empresa, afirmou que a medida será aplicada no Instagram, Facebook e Threads.


“Nós estamos desenvolvendo este recurso agora e, nos próximos meses, poderemos aplicar etiquetas em todos os idiomas suportados por cada aplicativo. Seguiremos essa abordagem durante o próximo ano, que ocorrerá uma série importante de eleições ao redor do mundo”, afirmou o executivo.


“Enquanto isso, esperamos aprender mais sobre como são criados e compartilhados os conteúdos gerados por IA, que tipo de transparência as pessoas consideram mais valiosas e como essas tecnologias evoluem”, acrescentou.


Ainda que não seja perfeita, Nick Clegg garante que a intenção da ferramenta será de minimizar os danos do compartilhamento de imagens falsas.


Recentemente, Taylor Swift foi alvo de um deepfake, que viralizou no X, antigo Twitter. Durante algumas horas, imagens falsas sexualmente explícitas da cantora ficaram disponíveis na plataforma de Elon Musk.


Como medida, a empresa de mídia social suspendeu as buscas pelo termo ‘Taylor Swift’, enquanto todos os conteúdos falsos eram removidos.


Fonte: CNN Brasil


Gostou do conteúdo? Confira outras notícias em nosso portal! E não deixe de seguir a WMB Marketing Digital no Instagram para acompanhar nossas novidades.

Comments


bottom of page