top of page
  • Foto do escritorWMB Marketing Digital

Meta revela novidades IA, incluindo rival do ChatGPT no WhatsApp


Na última quinta-feira (8), a gerência da Meta anunciou novas ferramentas de Inteligência Artificial (IA). Foram apresentados quais recursos devem ser desenvolvidos em breve e os planos da companhia para o futuro, que parece estar cada vez mais centrado no campo de IA. Uma das novidades é um chatbot estilo ChatGPT para aplicativos como WhatsApp.


Na reunião, que aconteceu na Califórnia e foi transmitida para todos os demais escritórios da Meta ao redor do mundo, subiram ao "palco digital" Andrew Bosworth (chefe de tecnologia), Chris Cox (chefe de produtos) e Mark Zuckerberg (chefe executivo). O trio mostrou prévias, por exemplo, dos chatbots de IA nos quais a empresa têm trabalhado para integrar ao Messenger e ao WhatsApp.


Além disso, também foram revelados mais detalhes sobre o novo app da Meta que, de acordo com Cox, "será uma resposta ao Twitter". O projeto, que ainda não ganhou um nome oficial, será integrado ao Instagram e promete rivalizar com a rede social adquirida por Elon Musk em 2022. Segundo o chefe de produtos, o lançamento será "seguro, de fácil usabilidade e confiável".


Ainda dentro do Instagram, a Meta também deve implementar algumas novidades para quem utiliza o aplicativo. Por exemplo, o app deve receber um recurso capaz de alterar fotos com base em códigos textuais (prompts) e outro que pode criar figurinhas para serem usadas em aplicativos de mensagens. Essas novidades, aliás, foram confirmadas pela Reuters, que recebeu informações de um porta-voz da Meta.


Além dos projetos desenvolvidos para o público externo, a Meta também divulgou o Metamate, um assistente de produtividade que ajudará os funcionários por meio de respostas a questionamentos internos, e da realização de tarefas diárias (com base em dados de sistemas internos da companhia).


Para finalizar, Zuckerberg afirmou que os avanços na área de IA Generativa tornou possível para a Meta construir tecnologias "para cada um de seus produtos".


Fonte: Tecmundo

Comments


bottom of page