• WMB Marketing Digital

Instagram, Facebook e Messenger ganham novos avatares 3D

Recurso está sendo implementado em países da América do Norte, mas deve chegar ao Brasil nos próximos meses; novidade é passo importante da Meta em direção ao metaverso

A Meta está atualizando os seus avatares para uma versão 3D, disponível para Facebook, Messenger e Instagram. As duas primeiras redes sociais, que já contavam com o recurso, ganharão novas carinhas. Já no aplicativo de fotos, as caricaturas tridimensionais são uma completa novidade, e poderão ser usadas nos Stories e nas DMs (Mensagens Diretas). A ferramenta ganhou novos formatos de rostos, expressões, tons de pele e acessórios para portadores de deficiência, como implantes auditivos e cadeiras de roda.


A novidade foi anunciada na segunda-feira (31), em comunicado oficial da Meta e em um post do próprio Mark Zuckerberg, CEO da companhia. O executivo demonstrou ânimo com os novos avatares, que representam mais um passo da Meta em direção ao metaverso. O recurso chega primeiro aos Estados Unidos, Canadá e México e, nos próximos meses, estará disponível para o Brasil e outros países da América Latina.


À primeira vista, a Meta apenas ampliou a representatividade dos avatares "para que reflitam melhor as singularidades de bilhões de pessoas neste planeta", palavras usadas em uma publicação realizada por Aigerim Shorman, gerente geral de avatares e de identidade da empresa. E a iniciativa é, de fato, importante para aumentar o apelo e a popularidade dessas personas virtuais.


Entretanto, o aspecto-chave dessa nova etapa dos avatares está na publicação de Zuckerberg, na qual o criador do Facebook anuncia a possibilidade de vestir seus avatares com camisas oficiais da NFL, a liga profissional de futebol americano dos Estados Unidos. Essa novidade é o primeiro passo para que as roupas — ou qualquer outro acessório — se tornem, em breve, itens NFT vendidos pela Meta.


Os avatares existentes no Facebook serão atualizados para a versão tridimensional automaticamente quando o recurso for liberado. A plataforma tentará manter as escolhas feitas no momento da construção do personagem, mas os usuários poderão modificar a aparência do desenho a qualquer momento.


Esta não é a primeira reformulação dos avatares. Após o lançamento do recurso, em 2020, as figurinhas receberam um upgrade no início de 2021. Essa atualização incluiu formatos de olhos e narizes, tipos de corpos, barbas e penteados. Além disso, a nova versão foi responsável por regionalizar os stickers, que, no Brasil, ganharam legendas como "RsRsRs", "Valeu" e "Top".


Ao que tudo indica, também será possível criar diferentes avatares para cada rede social. No entanto, os usuários que optarem por sincronizar seus avatares na Central de Contas Meta perceberão que as edições realizadas no Facebook aparecerão no Instagram, e vice-versa.


Fonte: Techtudo