• WMB Marketing Digital

Instagram vai trazer novas opções para filtrar conteúdo sensível

Com a atualização, será possível filtrar as recomendações do Instagram

O Instagram anunciou recentemente a atualização do recurso de controle de conteúdo sensível e agora a ferramenta também poderá ser usada nas funções Pesquisar, Reels e Contas que você segue, além de Páginas de hashtag e nas Recomendações no feed.


Com a atualização, será possível filtrar as recomendações do Instagram e controlar a quantidade de conteúdo sensível que é mostrado nas diversas abas da plataforma de acordo com as próprias preferências.


Três opções de filtros

A ferramenta oferece três modos de filtrar os conteúdos mostrados na plataforma que incluem as opções “Mais”, “Padrão” e “Menos” — alternativas que correspondem à quantidade de conteúdo sensível que os usuários aceitam ver no Instagram.


A opção “Padrão” consiste no filtro de conteúdo sensível pré-existente do Instagram, enquanto a opção “Menos” serve para mostrar menos conteúdos do tipo. Já a opção “Mais” — não disponível para menores de 18 anos — permite que os usuários configurem o app de forma que ele mostre mais contas e conteúdos sensíveis.


Vale lembrar que os conteúdos sensíveis são publicações que não violam as regras e as diretrizes da comunidade, mas que também não atendem às diretrizes de recomendação. Isso inclui conteúdos de outros perfis relacionados a fumo, violência ou drogas farmacêuticas, por exemplo.


Dessa forma, a novidade é apenas uma maneira de a rede social permitir que os usuários possam ter poder de escolha sob o que pode ser exibido ou não. Publicações com conteúdos racistas, machistas, LGBTfóbicos, desinformativos ou que geram danos a quaisquer pessoas continuam proibidas na plataforma.


Como acessar o controle de conteúdo sensível

Para acessar o recurso, basta tocar o botão dos três risquinhos no canto superior direito da tela e selecione a opção Configurações > Conta > Controle de Conteúdo Sensível > Padrão, Mais ou Menos.


A ferramenta já está disponível para alguns usuários e deve ser liberada gradualmente para o público geral da plataforma nas próximas semanas.


Fonte: CanalTech