• WMB Marketing Digital

Instagram testa feed em tela cheia, no estilo TikTok

Novo formato facilita o deslizamento vertical e valoriza a visualização de Reels, vídeos e fotos; modelo ainda está em fase de testes e pode não ser aprovado

O Instagram está experimentando um novo formato de feed que exibe publicações em tela cheia na página inicial, com aparência semelhante à do rival TikTok. O teste tem o objetivo de priorizar os Reels publicados na plataforma, mostrando os vídeos um abaixo do outro com deslizamento vertical. Segundo o CEO da rede social, Adam Mosseri, o experimento está sendo disponibilizado para algumas contas, e também mostrará fotos e vídeos comuns em tela cheia.


No formato experimental, o menu da parte inferior da tela continua sendo exibido para o usuário durante a navegação, possibilitando acessar a ferramenta de busca, o próprio perfil, os Reels e a aba de compras. Os botões do topo da tela também permanecem intactos, com o atalho para criação de posts, as notificações recebidas e as mensagens do Direct.


A barra de Stories dos amigos também permanecerá no mesmo lugar — o topo da página inicial. No entanto, ela é recolhida automaticamente à medida que o usuário desliza a tela para cima para assistir às publicações do feed, assim como acontece atualmente. Para que os Stories voltem a aparecer, basta retornar para o topo da página.


Além de bater de frente com o TikTok, outro motivo para a construção do novo formato de feed é a popularização dos Reels no Instagram. Segundo o site TechCrunch, a Meta observou que mais de 20% do tempo que as pessoas passam na rede social são destinados ao formato. No Facebook, os vídeos (independentemente do formato) representam 50% do tempo que os usuários consomem na plataforma.


Por se tratar de um experimento, não é possível afirmar que o novo modelo de feed será implantado de forma definitiva no Instagram, nem quando isso irá acontecer. O próprio Adam Mosseri explicou que deseja saber a opinião do público antes de bater o martelo.


“Queremos entender o máximo que pudermos nessas próximas semanas. Me informem o que vocês acharam do recurso aqui nos comentários. Se vocês amaram, ótimo. Se vocês odiaram, ótimo. Apenas me informem. Estamos tentando descobrir como aperfeiçoar o Instagram em um mundo onde as pessoas estão cada vez mais conectadas”, disse o CEO em um vídeo publicado no Twitter.


Fonte: TechTudo